2 de maio de 2010

...oNtEm...

Guerras...
A cada dia travo uma batalha.
Luto contra o mal que aflige a milhões.
A solidão.

Cada um por si e Deus por aqueles que possuem fé o bastante.
Estamos cada vez mais próximos, mas no íntimo muito mais distantes.

A cada pôr-de-sol dou falta de um pedaço de mim.
Preciso de vida, pois a minha está se esvaindo por entre os dedos.
A vejo escorrer nos ralos sujos da falta de compreensão.

Hoje me senti morta, sozinha, esquecida...
Mesmo com todos, com tudo...com o mundo a me chamar pra ir até ele.
Me senti forçada a permanecer trancada comigo.
Busquei em mim forças para me libertar.


 
E ao contemplar a noite uma bela imagem me reconfortou.
No céu a Lua me banhava, iluminava meu caminho.
Então me foi conforto recordar a Lua em sua solidão...
Todo um céu, repleto de estrelas, um universo ao seu alcance.
Mas um universo opaco sem o amado Sol a aquecê-la.











5 comentários:

Felipe Fábio disse...

Realmente.. solidao é algo que aflinge milhoes de pessoas..

é sempre bom ter uma companhia por perto.. ainda mais se essa pessoa gostar de vc..
ngm consegui ser feliz sozinho..

seus textos estao cada vez melhores Lari.. ^^

Fica com Deus..

Beijocaass..

A Confessora disse...

Obrigada meu amor...xD
Você é uma ótima companhia, virtual mas é!
Beijos... ^^

Wellington Morais disse...

Solidão é triste...

Tb tenho me sentido sozinho esses tempos...
Sei q tenho meus amigos... mas é um tipo de solidão q fica na alma... um vazio...

Parece q falta algo... entendo bem seu texto...

Mas vamos a luta... com fé em Deus...

As coisas vão melhorar... =)

Bjs!

GRAFTHALIS disse...

A cada pôr-de-sol dou falta de um pedaço de mim.
Bem forte e alto reflexivo...

A Confessora disse...

É...você que me levou a refletir... ^^
Depois que conversei com você saí, vi a lua e quando voltei escrevi. xD