12 de abril de 2010

...PuRgaTóRiO...

O mundo deu voltas e não parou no mesmo lugar
Os vasos lacrados estão ilesos, mas com uma grossa camada de poeira
O tempo fez sua parte, como prometido, curou as feridas
Mas as cicatrizes ficaram, lembrando que um dia uma batalha foi travada

A hora do acerto de contas se aproxima
Primeiros contatos foram feitos
Inimigos agora mais uma vez são aliados
Resta saber até quando a trégua será respeitada

Rostos estapiados não confiam mais 
Na mão que bate não permanece a dor
Mas na mente que apanha ela é como tatuagem
Pode ser escondida, esquecida, não apagada

No juízo final tudo será esclarecido
O purgatório ficará vazio
Seremos encaminhados
Resta saber quem degustará céus
E quem será condenado ao inferno...

3 comentários:

Wellington Morais disse...

Realmente...

O texto diz coisas de um jeito q eu não acho q conseguiria descrever melhor...

Resta a nós ter fé em Deus e esperar q tudo acabe do melhor jeito possível...

Bjs!

Lys Fernanda disse...

Foi voce quem escreveu, serio mesmo foi voce?
Uau, esta muitoo bom, adorei, gosto muito de ler textos/poesias/poemas deste genero, eu amo!

Beijoos

Felipe Fábio disse...

Nossa... muito interessante esse poste..
Gostei muito desse texto.
Continue assim.. e tudo vai dar certo.

Beijoss !!