8 de junho de 2010

...constante de mudanças...

De repente...

O palhaço perdeu a graça
A piada não me faz rir
A paisagem não me agrada
A televisão é como um quadro estático
As companhias não são suficientes
As novidades viraram rotina
Eu sou como um corpo vazio


De repente...

O que era vazio chega a transbordar
Palavras são neologismo
Lembraças trazem outras faces
O mesmo cérebro novos pensamentos
Vontades revelam estranhos desejos
Mesmas perguntas me dão diferentes respostas
O mesmo coração inesperados sentimentos


De repente...     Você!

7 comentários:

GRAFTHALIS disse...

Nossa...

Marcos Jorge disse...

Nossa...

Realmente esse post saiu no capricho...
E depois sou eu q escrevo bem né?
Huashuashuashuas...
Quando se tem inspiração e vontade, tudo dá certo...

Bjão

Post muito massa...

Lys Fernanda disse...

Adoorei, saiu de dentro do seu coraçao nao é mesmo? Deu pra sentir *-*. As emoçoes transbordam, tanto aquelas que te atormentam quanto as que voce acaba por receber. É um lindo texto, valorizado com os teus sentimentos, escreva sempre desta maneira, merecemos ler textos assim. Beijao (L

Jan'n... e Simplesmente disse...

NooSss...
Como sempre escrevendo emoções!

*_*
É magnifico!
Seus textos de tão sinceros se tornam Luz!


Bjo,

Jan'n Brito

Felipe Fábio disse...

belo post Lari..

essa foi com todo sentimento que vc tem.. e realmente parece ter sido..
De repente..

;)

Fica com Deus..
beijooos

Wellington Morais disse...

Nossa...

Essa saiu da alma hein... tava inspirada...

A gente percebe quando as coisas saem do coração, e esse texto realmente foi uma dessas coisas...

Muito bom... =)

Bjs!

srt.:Rebeca disse...

Lindo e autentico!

: )